Conscienciopedia:Proposta

Origem: Conscienciopédia, a Enciclopédia Digital da Conscienciologia.
Ir para: navegação, pesquisa

Fase Atual

Fase. A Conscienciopédia está em fase de divulgação e esclarecimento das vantagens da utilização da Conscienciopédia enquanto ferramenta evolutiva e catálise da produtividade assistencial.

Multiplicadores. Alguns pesquisadores estão sendo convidados para participar nesta fase para se familiarizarem com os recursos e posteriormente atuarem como multiplicadores.

Proposta da Conscienciopédia

Diretivas. Eis as seis diretivas básicas norteadoras do trabalho da conscienciopédia:

  1. Ambiente. Ser um ambiente de colaboração para o desenvolvimento e catalogação do conhecimento sob o enfoque do Paradigma consciencial.
  2. Cosmoética. Fundamentar todas as atividades nos princípios da Cosmoética.
  3. Abertismo. Estar aberta sem restrições à colaboração inclusive anônima.
  4. Licença. Permitir o livre uso de todas as informações constantes na Conscienciopédia através da licença GNU de Documentação.
  5. Supra-institucional. Ser supra-institucional sem promover ou se comprometer com nenhuma Instituição Conscienciocêntrica em particular.
  6. Lucro. Não ter fins lucrativos e de nenhuma forma limitar ou restringir o acesso a utilização de seu conteúdo para arrecadar fundos.

Neopensenes. Diferente das enciclopédias convencionais, a Conscienciopédia não visa apenas sistematizar o conhecimento já existente, ela está aberta às novas abordagens sobre os temas da Conscienciologia. Os voluntários podem propor novos verbetes, listagens, sinonímias, analogias, neologismos, acepções, relações, comparações e muito mais. A Conscienciopédia admite neopensenes. Contudo, todo trabalho submetido está sujeito à revisão dos outros voluntários e as neoidéias são mantidas somente se forem capazes de se sustentar com lógica perante o crivo da crítica coletiva.

O que a Conscienciopédia não é

Confusões. Para evitar confusões e erros de interpretação, segue listagem de itens não presentes na proposta da Conscienciopédia:

  1. A Conscienciopédia não é a Enciclopédia da Conscienciologia prosposta e escrita pelo Prof. Waldo Vieira. A Conscienciopédia é fruto do voluntariado digital dos estudiosos de Conscienciologia.
  2. A Conscienciopédia não é editada pelo Prof. Waldo Vieira. A Conscienciopédia é editada por você voluntário da Tares Digital.
  3. A Conscienciopédia não é esforço somente do CEAEC. A Conscienciopédia é supra institucional e surge a partir do Holociclo.
  4. A Conscienciopédia não é um espaço para digitalizar as obras clássicas da Conscienciologia. A Conscienciopédia é um espaço para a produção de conteúdo novo livre de direitos autorais.
  5. A Conscienciopédia não é um espaço para marketing ou promoção pessoal.