Lista de megapensenes trivocabulares

Origem: Conscienciopédia, a Enciclopédia Digital da Conscienciologia.
Revisão de 03h44min de 19 de julho de 2009 por Roberto Almeida (discussão | contribs) ()

(dif) ←Revisão anterior | Ver revisão atual (dif) | Revisão posterior→ (dif)
Ir para: navegação, pesquisa
  1. A alegria facilita.
  2. Ação: autodidaxia pensênica.
  3. Aceite suas limitações.
  4. A fama ilude.
  5. Adquira novos trafores.
  6. A inteligência faz.
  7. Água demais afoga.
  8. Agradeça as oportunidades.
  9. Aliança: minialgema digital.
  10. Alpiste alimenta pássaros.
  11. Algumas sementes germinam.
  12. Amparador não assedia.
  13. Amparemos nossos amparadores.
  14. Aprimore seus trafores.
  15. Aproveite o aqui-agora.
  16. Assediadores adoram fofocas.
  17. Assédio também passa.
  18. Assista sem expectativas.
  19. Assuma sua proéxis.
  20. Assuma seus talentos.
  21. Atalhos desviam pessoas.
  22. Até automimese cansa.
  23. Atitudes mudam tudo.
  24. Atraia bons pensenes.
  25. Atualize suas roupas.
  26. Autopiedade: tempo perdido.
  27. Bagulho energético intoxica.
  28. Bandeiras atraem seguidores.
  29. Beijo: diálogo labial.
  30. Blindemos nossa alcova.
  31. Boatos provocam estragos.
  32. Busque novos desafios.
  33. Cadáveres não erram.
  34. Calculadora não pensa.
  35. Carro: paixão masculina.
  36. Casamento é contrato.
  37. Celebremos nossas vitórias.
  38. Cemitério: lixo orgânico.
  39. Cérebro: garagem consciencial.
  40. Chinelos geram ócio.
  41. Confiemos nos amparadores.
  42. Conheça seus trafores.
  43. Consciência é eterna.
  44. Comida demais dessoma.
  45. Cosmifiquemos nossos pensenes.
  46. Cosmoética é assistencial.
  47. Critique com cosmoética.
  48. Defendamos nossos princípios.
  49. Deseje o melhor.
  50. Detalhes são significativos.
  51. Dinheiro é energia.
  52. Divulgue suas verpons.
  53. Doutrina: idéias empacotadas.
  54. Economize seus males.
  55. Egoísmo: infelicidade garantida.
  56. Esmalte valoriza unhas.
  57. Espantalho: engodo rural.
  58. Esquecimento: sinapses preguiçosas.
  59. Estabeleça suas prioridades.
  60. EV faz bem.
  61. Evite produzir lixo.
  62. Exemplarismo facilita assistencialidade.
  63. Faça escolhas éticas.
  64. Fofin incentiva fofex.
  65. Gaiola: interprisão aérea.
  66. Gasolina é fóssil.
  67. Gelo: água congelada.
  68. Goleiros me chateiam.
  69. Há lazer produtivo.
  70. Há leituras imperdíveis.
  71. Há músicas desarmônicas.
  72. Harém: armazém ginossomático.
  73. Holomemória registra tudo.
  74. Homeostase é holossomática.
  75. Inclusive serenão evolui.
  76. Intenções: rédeas conscienciais.
  77. Inundação: poluição hídrica.
  78. Imagine-se um completista.
  79. Jogo: prostituição pensênica.
  80. Lazer demais cansa.
  81. Legenda: poliglotismo alheio.
  82. Lua: satélite terrestre.
  83. Manter é difícil.
  84. Mapeie suas sinaléticas.
  85. Megaparente: ser extraterrestre.
  86. Mentalsoma é atemporal.
  87. Modele seu psicossoma.
  88. Mudemos velhos hábitos.
  89. Mulheres: maioria minoritária.
  90. Murismo: indecisão decisiva.
  91. Nada é insubstituível.
  92. Não dirija embriagado.
  93. Não perca oportunidades.
  94. Não engane você.
  95. Não seja chato.
  96. Ninguém deixa ninguém.
  97. Ninguém evolui sozinho.
  98. Obstáculos são transponíveis.
  99. O ócio mata.
  100. O debate pacifica.
  101. Ofiex: posto assistencial.
  102. Olhar: controle remoto.
  103. Oxigênio: primeiro direito.
  104. Penso, logo duvido.
  105. Permita-se cometer erros.
  106. Planta adora adubo.
  107. Pontue suas ponderações.
  108. Preconceito aponta imaturidade.
  109. Prego teme martelo.
  110. Projete-se com lucidez.
  111. Psicossoma é maleável.
  112. Que aprendemos hoje?
  113. Queixa: prazer patológico.
  114. Quem ensina, aprende.
  115. Reciclemos nossa reciclagem.
  116. Relógio também atrasa.
  117. Retratação é teática.
  118. Saiba priorizar ações.
  119. Saibamos ser justos.
  120. Sapatos protegem plantochacras.
  121. Seja um exemplo.
  122. Seja você mesmo.
  123. Simplifique suas complexidades.
  124. Sobrenome: complemento nominal.
  125. Soma exige cuidados.
  126. Soma tem validade.
  127. Somos consciências complexas.
  128. Telescópio: clarividência científica.
  129. Teoricão: lâmpada desligada.
  130. Tenepes: pós-graduação conscienciológica.
  131. Tenepessista: primeiro beneficiado.
  132. Tenha desafios novos.
  133. Tenha metas ambiciosas.
  134. Tenha rotinas úteis.
  135. Toda dor passa.
  136. Todo pensene repercute.
  137. Todos têm holochacras.
  138. Trabalhemos com prazer.
  139. Tudo é relativo.
  140. Universalizemos nossos dias.
  141. Útero: funil consciencial.
  142. Valorize seus aprendizados.
  143. Verdades são relativas.
  144. Viagens ampliam universalismo.
  145. Vivamos o hoje.
  146. Zoológico: interprisão animal.


Este verbete é somente um esboço para um verbete maior.
Quer ajudar a Conscienciopédia? Acrescente alguma informação!
Clique aqui para entender melhor como fazer isso.